Uma breve análise da história de Israel

É importante entendermos o desenvolvimento histórico de Israel para fazermos um bom e correto estudo dos textos bíblicos. Assim sendo, neste post faremos uma breve análise da história de Israel, a qual é tão vasta que nos permite apenas falar nos pontos principais e mais importantes. Confira!

Uma breve análise da história de Israel – Desenvolvimento histórico

De forma a entendermos o desenvolvimento histórico de Israel, palco das escrituras sagradas, é necessário partilhar convosco uma breve análise da história de Israel. Vejamos.

NAÇÕES CANANÉIAS

Abraão chega a Canaã em 2000 a.C, sendo ele um semita que estaria rumando à população camita de lá. Na altura, essa região era povoada por tribos diversas, com descendência do filho mais novo de Cão (este era o neto de Noé).

Entre esses povos, os mais importantes eram:

  • Heteus
  • Cananeus
  • Amorreus
  • Perizeus
  • Heveus
  • Jebuseus
  • Girgaseus

Uma breve análise da história de Israel – REINO DE ISRAEL

O Reino de Israel abarca os reinados de Saul, entre 1030 e 1010 aC., tendo sido um momento de transição da organização em tribos para um sistema monárquico. Depois entre 1010 e 971 reina Davi, tendo sido uma época de grandes campanhas militares.

Segui-se Salomão, que governou entre 971 e 931 aC. quando havia uma grande riqueza e o povo se mostrava estável. É nessa altura que se cria uma corte em Jerusalém.

Assim que Salomão morre, as tribos que habitavam o norte se separaram, e nasce assim o reino de Israel, ou reino do Norte.

O Reino de Israel tinha uma área geográfica maior, e possuía mais riquezas que o reino do Sul, o qual se designava de Reino de Judá.

No entanto, o reino de Israel era mais instável a nível político, o que não acontecia no Reino de Judá, tendo continuado a ser governado pelos sucessores de Davi.

Jerobão I foi o primeiro reinado do Reino de Israel, depois que Salomão morreu, a 931 aC. Este perdurou até 722 aC. Nessa altura, o reino dói conquistado pelas Assírios.

No que diz respeito ao Reino de Judá, prolongou-se até 597 aC, quando foram conquistados pelos babilônicos.

Uma breve análise da história de Israel – Ponto Histórico

  O período que vai desde o surgimento da humanidade até ao surgimento de Abraão, provavelmente, era maior do que os 4000 anos que vai até aos dias de hoje. Várias investigações arqueológicas têm apontado para o fato da região de Canaã ter sido já habitada por comunidades muito desenvolvidas muito antes de Abraão.

Assim, apontamos para o período dos patriarcas de Israel indo desde Abraão até ao primeiro capítulo de Êxodo.

Este período começa na Mesopotâmia, na cidade de Ur, tendo passado por Canaã, e terminando no Egito. Assim, aponta-se para a entrada dos patriarcas no Egito quando este era dominado pelos hicsos.

No que diz respeito ao êxodo, ele registra a saída de Israel do Egito, sendo que os israelitas já eram mais de 3.000.000 pessoas. Dá-se assim uma substituição da Dinastia do Egito, onde a escravidão reinou. É quando Israel se vê necessitado de uma libertação.

A libertação do povo de Israel se dá por intervenção Divina, e foi um milagre. Depois da redenção do Egito, a lei foi dada, e posteriormente a revelação do culto aceitável, mas sempre que este era prestado no tabernáculo, com o sacerdócio assistente e sacrifícios.

Assim, temos os seguintes acontecimentos importantes para uma breve análise da história de Israel:

  • Israel redimido
  • Israel viaja até ao Sinai
  • Israel recebe as Leis
  • Sacerdócio e Tabernáculo
  • Idolatria e Concerto
  • Levantamento do Tabernáculo

Uma breve análise da história de Israel – Aparecimento de Moisés

Moisés foi o salvador do povo de Israel. Ele era descendente de Levi, e um homem muito culto, tendo sido criado pela filha do faraó.

Com a ajuda do seu irmão, Arão, ele se apresenta como o libertador do povo, a qual só acontece depois de ser demonstrado o poder de Deus ao faraó, na altura que o Egito foi invadido pelas pragas naturais. São elas:

  • As águas se transformaram em sangue
  • Reprodução em abundância de rãs
  • Infestação de piolhos nos homens e no gado
  • Invasão de enxames de moscas
  • Peste atinge o gado
  • Úlceras e tumores atingiram homens e animais
  • Plantações devastadas por chuvas de pedras
  • Praga de gafanhotos
  • Egito envolvido em trevas
  • Os primogênitos dos egípcios e animais morrem

Depois desta última praga, a mais devastadora de todas, o faraó deixou o povo de Israel partir, mas os perseguiram, tendo acabados derrotados quando queriam cruzar o mar de Juncos (abertura dos mares para o povo de Israel passar).

É aqui que o Reino de Israel se ergue novamente. Espero que tenha achado útil uma breve análise da história de Israel para o estudo dos textos bíblicos.

Fonte: www.allabouttruth.org/portuguese/historia-de-israel.htm