Semelhanças e diferenças entre os 4 evangelhos

Existem semelhanças e diferenças entre os 4 evangelhos que deverão ser analisadas, de forma a conseguirmos ter a verdadeira palavra de Deus entre nós. Por essa mesma razão, vamos enumerar aqui as principais diferenças e semelhanças entre eles. Confira!

Semelhanças e diferenças entre os 4 evangelhos

Vejamos as semelhanças e diferenças entre os 4 evangelhos de forma separada, para que seja mais fácil identificar cada uma.

MATEUS

Este evangelho é direcionado para os judeus. De fato, Mateus escrevia para eles. Lá consta que Jesus é o Messias, o qual foi profetizado no Antigo, ou Velho Testamento.

Existem também nesse evangelho referências às profecias, entre as quais 43 são verbais. Por isso, em muitas ocasiões Mateus usa a frase “Isto aconteceu para que se cumprisse…” .

Ele ainda faz uma relação do Antigo Testamento com a vida de Jesus, e na sua genealogia, Jesus seria um descendente de Abraão. Este último era considerado o pai dos hebreus, o primeiro de sua raça.

Para vermos as semelhanças e diferenças entre os 4 evangelhos precisamos ainda analisar como cada um vê Jesus.

Assim, Mateus pinta o retrato do Messias em cima de um leão, sendo que a simbologia do leão está referente a rei. Assim, estabelece o seu reino, assim como traça leis, privilégios e responsabilidades.

MARCOS

Marcos, ao contrário de Mateus, escreve para os romanos, gentios. Também não encontramos no evangelho de Marcos qualqure profecia, o que denota que não tinha qualquer preocupação em citá-las.

Neste evangelho, Jesus era um homem enérgico, de ações, tal qual um bom romano. Jesus não tinha tempo a perder, era prático, fazendo mais do que o que diz.

Este evangelho é muito pequeno, contendo apenas 16 capítulos.

No que toca à imagem de Jesus, Marcos pinta o seu retrato sob a figura de boi, sendo que este representa o Servo. No entanto, ele traça dois retratos, sendo o primeiro atrás do arado, e o segundo que é oferecido ao altar.

É neste retrato que vemos bem as semelhanças e diferenças entre os 4 evangelhos. Para Marcos, Jesus veio para trabalhar e servir, e ao contrário de todos os outros, Marcos não exibe qualquer tábua genealógica.

LUCAS

Já no evangelho de Lucas, é direcionado para os gregos. Note que na época o grego era a língua universal.

Nesse evangelho, Jesus era visto como o Salvador da humanidade. Ao contrário de Mateus, Lucas não afirma que Jesus fosse descendente só de Abraão, mas sim de Adão, que é considerado o pai de toda a humanidade. Ou seja, Jesus é descendente de Deus, o pai de todos nós.

Note que os gregos eram bastante cultos, intelectuais, e Lucas, sendo um literato e médico, usa uma linguagem clássica. De fato, ele é um historiador muito meticuloso, tecendo ao longo do evangelho vários comentários filosóficos, sempre buscando a razão para as coisas serem do jeito que são.

Assim como vimos nos anteriores, o retrato de Jesus é importante para trilharmos as semelhanças e diferenças entre os 4 evangelhos. Para Lucas, Jesus é visto como Filho do homem, e dessa forma, faz o seu retrato baseado nesse fato. Note que o homem representa o membro da raça.

Assim sendo, no evangelho de Lucas, Jesus é o Filho do homem, descendente de Adão, pai de todos nós. Jesus vive como homem, em sua pele, no meio de todos os homens.

O filho de Adão é o amigo de todos os pecadores e publicanos, assim como o protetor daqueles que estão arrependidos.

JOÃO

Já João foca na igreja organizada, a qual negava contundentemente que Jesus seria filho de Deus, ou seu Messias, assim como sua divindade.

Por essa razão, João afirma com toda a veemência a encarnação do Verbo divino e eterno.

Para finalizar as semelhanças e diferenças entre os 4 evangelhos, precisamos ainda analisar a imagem de Jesus aos olhos de João, o qual pinta o seu retrato sob a imagem de uma águia.

A águia simboliza Deus, e assim, para João, Deus e Jesus são a mesma pessoa, são um só. Assim sendo, podemos afirmar que, no evangelho de João, Jesus é Deus, ou seja, o unigênito de Pai. No entanto, ele só poderá ser compreendido pelos crentes fiéis.

Essas são as principais semelhanças e diferenças entre os 4 evangelhos.

 

Podemos resumir, portanto, que:

  • Mateus é israelita, ao passo que Lucas é universal, Marcos é gentio, e João é cristão
  • Mateus é o oriental, ao passo que Lucas é grego, João é espiritual, e Marcos romano
  • Mateus é grave, ao passo que Lucas é calmo, sendo que Marcos é preciso e Jão coloquial
  • Mateus esmera nas suas narrativas, Lucas um única história, Marcos frisa em suas memórias, e João um verdadeiro drama
  • Assim, Mateus expõe os acontecimentos no que toca à sua realização, mas Marcos foca nos detalhes, Lucas na conexão, e João foca no ensino.

Aqui estão todas as semelhanças e diferenças entre os 4 evangelhos, lembrando sempre que para todos Jesus era o Messias, digno de sua divindade.